Raio: Desligado
Raio:
km Até onde deseja procurar, à sua volta?
Pesquisar

O processo de coaching: A viagem

O processo de coaching: A viagem

Quando viajamos é comum levarmos algumas coisas que regressam a casa do mesmo modo como partiram, isto é, além daquilo que usamos durante a viagem, tendemos a carregar na nossa mala o peso de coisas inúteis. Durante o processo de coaching tomamos consciência daquilo que trazemos “sempre connosco” e vamos selecionando o que mais interessa, isto é, aquilo que é mesmo importante, útil e que nos dá força.

Este maior conhecimento acerca da “nossa bagagem” serve de base para a construção do itinerário específico da nossa viagem. Ou seja, só depois de identificar as nossas forças e de estabelecer as nossas prioridades é que estamos em condições de traçar objetivos concretos, isto é, de definir o destino da viagem.

O coach orienta o cliente (ou coachee) na escolha dos locais a visitar durante a viagem. E que instrumentos são utilizados pelo coach? Essencialmente perguntas pertinentes ancoradas numa relação que proporciona a segurança e a confiança necessárias para explorar novos lugares. É nesta exploração, assente numa relação equilibrada entre o apoio e o desafio, que o cliente expande o território onde atua e o modo como o faz. A isto chamamos “desenvolvimento psicológico/humano”.

A partir de um balanço entre aquilo que é verdadeiramente importante e os recursos de que dispõe, o cliente faz as suas opções.

Depois de clarificados o objetivo segue-se a escolha dos melhores percursos para o alcançar. O coach acompanha o cliente ao longo desta caminhada, servindo como ponto de referência face aos objetivos traçados e fornecendo feedback sobre o percurso que o próprio cliente se propôs fazer.

Tal como em qualquer viagem, durante este processo o cliente conhece coisas diferentes e as fronteiras do seu mundo vão sendo alargadas e expandidas.

À chegada, o cliente está mais enriquecido, com novas formas de perspetivar os outros e a si próprio, e a sua vida prossegue num rumo mais próximo daquilo que lhe é realmente mais pertinente.

Quem sabe, um dia mais tarde, poderá desejar voltar a viajar, mais uma vez…

Diana Aguiar Vieira

Sobre Diana Aguiar Vieira

Diana Aguiar Vieira é docente do Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto (ISCAP-P.Porto) na qual foi Vice-Presidente (2012-2018). Foi Pró-Presidente do Instituto Politécnico do Porto (P.Porto) na área da Empregabilidade & Alumni (2013-2018) . Doutorada em Psicologia pela U.Porto, a sua Tese de doutoramento sobre “Transição do ensino superior para o trabalho” foi galardoada com o “Prémio Agostinho Roseta” instituído pelo Ministério do Trabalho e da Solidariedade. Tem investigado sobre empregabilidade, ensino superior, soft skills, competências sociais e transversais, sucesso académico e coaching. Autora dos livros “Menos agressividade…mais competências sociais!”, “Transição do ensino superior para o trabalho: O poder da autoeficácia e dos objetivos profissionais”, “Preparados para trabalhar?” e de diversos capítulos e artigos científicos. Tem criado e coordenado serviços de inserção profissional e relação com Alumni em Instituições de Ensino Superior. Colocar o saber da psicologia mais próximo das pessoas é um dos seus lemas e o seu site www.beyou-bemore.com visa facilitar esse propósito.
Voltar para o Topo

Nota: Os artigos e notícias são da inteira responsabilidade dos parceiros que os escrevem e cuja identificação aparece junto aos mesmos. O Portal da Saúde Mental não interfere com as opções técnicas e científicas dos profissionais e instituições registadas no Portal.

Ao navegar neste site, concorda com a nossa política de cookies. saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close