Raio: Desligado
Raio:
km Até onde deseja procurar, à sua volta?
Pesquisar

“Comunicar é uma condição sine qua non da vida humana e das relações sociais. Quando se fala de comunicação, pensa-se muitas vezes, automaticamente, na linguagem. Com efeito, a expressão verbal foi durante muito tempo considerada, em muitos campos de estudo, quase como a única modalidade de comunicação” (Andolfi, 1981, p. 111); no entanto, tem vindo a haver uma alteração no que concerne a esta conceção limitada da comunicação.

Evéquoz (1987, cit in Gomes, 2001) refere que a comunicação funcional é a que contribui para a aproximação dos indivíduos. Relativamente à comunicação patológica ou disfuncional, esta contribui para que haja um afastamento entre os indivíduos, ou para que seja criada incompreensão entre eles. Segundo Evéquoz (1987, p. 55), “uma comunicação é qualificada de patológica quando, ao invés de cumprir a sua função de laço positivo entre os indivíduos, contribui, ao contrário, para lançar entre eles um clima de incompreensão e ressentimento” (cit in Gomes, 2001).

O estudo “Pragmática da Comunicação Humana” defende, então, a existência de cinco axiomas da comunicação, fundamentais no trabalho com indivíduos, casais e famílias, uma vez que todo o comportamento tem o valor de mensagem, sendo a linguagem verbal e não-verbal (postura, gestos, ou mesmo o silêncio) considerada como comunicação (Gomes, 2001):

  1. Não existe a não comunicação;
  2. Toda a comunicação comporta dois aspetos: conteúdo e relação;
  3. A natureza de uma comunicação depende da pontuação das sequências de comunicação entre os parceiros;
  4. Existem dois tipos de comunicação: digital e analógica;
  5. Toda a interação é simétrica ou complementar conforme se funda na igualdade ou na diferença.

Numa era em que a comunicação acontece de forma acelerada em várias dimensões, muito do conteúdo transmitido acaba por ser percecionado de forma desadequada, originando mal estar nas relações familiares e profissionais, bem como sofrimento nos indivíduos. Existem profissionais, clínicas, associações e empresas onde pode encontrar profissionais especializados na área da saúde mental que podem ajudá-lo a resolver e ultrapassar da melhor maneira estes problemas de comunicação.

Ao navegar neste site, concorda com a nossa política de cookies. saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close